domingo, 27 de julho de 2014 0 comentários
Tem dias que são assim chove dentro de mim um desassossego de não me caber vontade de outros caminhos andar andar andar parada no mesmo lugar
terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 0 comentários
estar nas sobras do mundo
sorver as migalhas presas em suas franjas
toalhas vermelhas sacudindo os restos
o que fica para a multidão
cavar um buraco fundo
e enterrar-se vivo
com suas vergonhas
             e entranhas.
quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 0 comentários
o estranho é que tenho
quase todo o tempo do mundo
e o mundo parece passar ao largo
 
;